CBF - Portal de Governança

Notícias

FIFA finaliza inspeções em cidades candidatas a sedes da Copa do Mundo Feminina 2023

10 FEV 20 Thais Magalhães/CBF

A delegação da FIFA concluiu, na última quinta-feira (6), as visitas técnicas a quatro cidades brasileiras candidatas a sedes da Copa do Mundo Feminina FIFA Brasil 2023. A comitiva da entidade máxima do futebol esteve acompanhada do Comitê de Candidatura Brasil 2023. Foram realizadas inspeções em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Salvador.

Durante a vistoria, os executivos da FIFA estiveram em hotéis, centros de treinamentos e estádios, que estão incluídos no documento técnico do país para sediar a primeira edição da competição na América do Sul. Também foi visitado um dos locais propostos para abrigar o Centro de Mídia centralizado durante o Mundial.

No Rio de Janeiro, a delegação da FIFA e o Comitê de Candidatura foram recebidos na sede da CBF pelo Vice-Presidente Antônio Carlos Nunes, o Secretário-Geral, Walter Feldman, e o Diretor de Governança e Conformidade da entidade, André Megale. Na oportunidade, discutiram planos gerais para o desenvolvimento do futebol feminino no país e aspectos técnicos da candidatura.

A proposta do Brasil prevê jogos em oito cidades distribuídas em todas as regiões do país, que também receberam jogos da Copa do Mundo de 2014. São elas: Manaus, Recife, Salvador, Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre. A infraestrutura a ser utilizada será a mesma já testada e aprovada nas grandes competições recentes.

Além da Copa do Mundo FIFA Brasil 2014, o país também recebeu recentemente a Copa do Mundo Sub-17 FIFA 2019. Brasília, Goiânia e Vitória sediaram esta competição, também considerada um sucesso de organização e audiência. 

As impressões da FIFA sobre a visita da última semana serão publicadas no Relatório de Avaliação de Licitações, no site oficial da entidade. O anúncio oficial da Copa do Mundo Feminina FIFA 2023 será feito em junho deste ano, na reunião do Conselho da FIFA, em Adis Abeba, na Etiópia.